Escolha o perfil:
Reparador
  • Distribuidor
  • Motorista

Atuador de embreagem

atuador

Com o desenvolvimento tecnológico dos veículos, cada vez mais automóveis utilizam sistemas hidráulicos – muito mais flexíveis e confiáveis se comparados com os sistemas mecânicos. 

Essa solução:

  • Permite um esforço menor do pedal e mais constante
  • Utiliza um material muito mais leve (redução de até 70% do peso relativamente ao comando do sistema de embreagem padrão) 
  • É muito mais compacta

Por esses motivos, esta tecnologia é mais fácil de ser implementada em projetos de equipamento original.

Para atender essa tendência do mercado, a Valeo desenvolveu uma vasta gama de peças hidráulicas que contam com cilindros mestre da embreagem (servo de embreagem), cilindros atuadores de embreagem (CRC) e cilindros escravo da embreagem (CSC).

Saiba mais sobre esses componentes:

Sistemas “completamente hidráulico”:

  • Utilizam um servo de embreagem e um cilindro escravo

Sistemas “semi-hidráulico”:

  • Utilizam tanto o cilindro mestre da embreagem como o cilindro atuador da embreagem
  • É composto por um transmissor (o servo embreagem), uma mangueira e um atuador
  • O pedal da embreagem aciona um pistão no cilindro mestre da embreagem (servo embreagem)
  • Esta ação força a passagem do fluido hidráulico por meio de um tubo até o cilindro atuador da embreagem (CRC), onde outro pistão aciona o mecanismo de embreagem


Quando um veículo é equipado com CRC, a interface dentro do sistema hidráulico e a embreagem consiste num garfo de acionamento e num rolamento. Comparado ao cilindro escravo de um sistema completamente hidráulico, o CRC é de fácil e rápida substituição pois está localizado no exterior da caixa de transmissão. Não é necessário remover a caixa de câmbio para substituir a peça. A substituição de um CRC por profissionais demora cerca de 30 minutos.